Comparando: Igrejas

18 ago

Resolvi falar sobre igrejas/catedrais hoje porque simplesmente é a atração turística que a gente vai em todas as cidades! Todas. Absolutamente. Mas ok que nem todas são lá essas coisas, mas de fato a maioria tem arquitetura e história singular e sempre nos supreendemos com elas.

Vou comentar algumas das igrejas mais bonitas que vi até hoje. Não quero dizer se uma é melhor ou pior que a outra, pois cada uma tem seu valor, além de serem de épocas e estilos diferentes, e claro que a decisão do que é mais bonito ou menos bonito fica a critério de cada um.

Catedral de San Cristobal de Las Casas – México

A cidade é toda bonitinha e não obstante sua catedral também é. Construída em 1528, tem arquitetura típica e como não podia deixar de ser, é toda colorida.

Interessante sair da monotonia cromática das catedrais européias, enormes e marrons. Sem vitrais absurdos e estátuas para tudo quanto é lado, é bem mais “simples”, mas nem um pouco menos bonita que as outras.

Catedral de Oaxaca – México

Assim como a igreja citada acima, esta também não é super rebuscada e gótica como as européias. A cultura mexicana é muito diferente e é difícil comparar com outras, mesmo tendo toda a influência Espanhola, eles conseguiram deixar as coisas com identidade própria. A arquitetura desta igreja é “neo-mixtec”, que é exatamente a mistura entre as influências européias do começo do século 20 e a cultura local.

O que me chamou bastante a atenção aqui foi a pracinha na entrada da Catedral, super bem cuidada e ponto de encontro do povo local.

Sem contar o teto da igreja na foto debaixo. Nunca vi um teto tão trabalhado assim!!!

Ah, Esta catedral foi reconstruída em 1733, pois sofreu com terremotos nos séculos 16 e 18.

Catedral Metropolitana de Buenos Aires – Argentina

A arquitetura dessa é neoclássica e não tem torres. É uma das menos expressivas – por fora – que já estive (nada contra Argentina e essas coisas todas). Por dentro ela é super interessante:

Em particular, adoro o chão dessa catedral. Acho super bonitinho:

St. Paul´s e Abadia de Westminster – Londres

A capital inglesa é referência de vários pontos turísticos super legais e importantes, mas a catedral meio que não foi tudo aquilo. É bem bonita e tudo o mais, mas as que estão aqui embaixo neste post foram bem mais expressivas, nas minha opinião.

Talvez dentro ela seja bem mais interessante, mas infelizmente só tive a oportunidade de vê-la por fora, pois se não me engano estava fechada no dia que fomos e voltar outro dia furaria demais o roteiro.

Por ooooutro lado, a Abadia de Westminster é absurda. Também não entramos porque 1 tinha uma fila enorme e estava um frio congelante demais e 2 custava 11 libras a entrada! Eu sou daquelas pessoas que acha um absurdo cobrarem para entrar em igrejas. Pô, parem de ser tão capitalistas!

Catedral Metropolitana de Santiago – Chile

O legal desta catedral é que ela fica em uma praça super importante da cidade, a Plaza de Armas, cheia de pontos turísticos. Seu altar foi construído em Munique em 1912.

Além da beleza óbvia de seu arquitetura e esculturas internas, é a possibilidade de ir até o lado direito da Catedral e fazer essa foto:

High Kirk – Glasgow

Sabe filme medieval? Então, é isso. Ela foi construída esses dias aí, em 1136. Preciso dizer mais alguma coisa? Ela não é tão grande quanto outras catedrais e igrejas que já visitei, mas olha quanta história tem lá! Imagina quanta gente já esteve por lá! A arquitetura é linda, como todas essas catedrais antigas, mas é mesmo emocionante estar num tão cheio de história.

Ela é assim, toda marrom e meio suja, mas eu acho que isso é o charme essencial!

Quando fui era inverno, mega frio e dia super cinza, o que deu ainda mais a sensação de filme medieval. (eu achei)

Santuário do Bom Jesus de Matosinhos – Congonhas – MG

Se eu for falar de todas as belíssimas igrejas de Minas Gerais, esse post não acaba nunca mais! Quem já foi, sabe bem do que estou falando. Não quero desmerecer nenhuma delas que fazem parte do cenário histórico brasileiro, mas tive que escolher uma para representar tudo isso, e na minha opinião, nada mais significativo do que esta que vou falar aqui.

É nela que estão um dos trabalhos mais expressivos de Aleijadinho. Situada em Congonhas, as esculturas de pedra sabão são extremamente detalhadas. Além das 12 esculturas na igreja, Aleijadinho fez ainda esculturas para as 6 capelas com as cenas da Paixão de Cristo.

Imperdível do turismo brasileiro. Já falamos um pouco sobre o turismo em Minas Gerais aqui ó.

Catedral de la Asunción de María Santísima e Expiatório – Guadalajara

Aqui vou citar duas igrejas. A primeira, catedral, é linda. Enorme e absurda, foi construída em 1561, porém foi devastada por um incêndio e foi reconstruída em 1618 e até hoje sua estrutura sofre com os terremotos do país.

O interessante é que a catedral tem 17 sinos, sendo que um deles pesa 8 toneladas!

O interior contrasta bastante com seu exterior, sendo o primeiro todo branquinho e por fora toda marrom.

Outra igreja que gostaria de falar aqui é o Expiatorio. Achei bem mais interessante a arquitetura desta, que começou a ser construída em 1897. Esta parece bem mais com todas as igrejas européias, não parece? Por dentro ela é simples, com belos vitrais porém sem as grandes estátuas das outras catedrais. Vale a pena a visita, principalmente pela aparência externa.

Nosso Senhor do Bomfim – Salvador

Outra igreja bastante expressiva aqui no Brasil é a nossa querida Senhor do Bomfim (e suas fitinhas).

Assim como em Minas, na capital baiana também encontramos muitas igrejas, todas muito trabalhadas e que merecem a visita. Porém, acho que aqui vale falar de uma das mais importantes.

A igreja fica na Sagrada Colina, um pouco afastada do centro. Tá, de táxi dá uns R$ 25. Para os baianos é o maior centro de fé católica. A igreja possui estátuas vindas de Portugal e a arquitetura da mesma é neoclássica com fachada rococó.

Por estar localizada em uma colina, a vista de lá é muito válida também! E claro, não deixe de comprar as fitinhas. Uma lojinha ali do lado vende 30 fitas por R$2!!

Basílica di San Pietro – Roma

Ahhhh que covardia tentar comparar essa aqui né? Estamos falando de Roma, Vaticano, a casa do catolicismo minha gente! É coisa pouca? Clarquenão!

Por fora a Basilica já é maravilhosa. A fila enorme que dá acesso à ela não é maravilhosa, concordo… mas vale o esforço. Fiquei muito impressionada não apenas com o tamanho da Basilica, mas com as esculturas lá dentro. Absurdas, no mínimo! Dá uma olhadinha:

São enormemente perfeitas. Dá pra ficar horas observando todos os detalhes que o interior de San Pietro guarda.

Catedral Metropolitana – Cidade do México

Essa eu comentei recentemente aqui, mas vale um novo comentário. A arquitetura gótica é de babar por dentro e por fora, mas o mais legal de ver mesmo é como ela é toda torta! Como já contei, o solo da cidade é super molengo pois esta foi construída em cima de um lago, então várias construções sofrem com isso e acabam ficando tortas. É realmente impressionante ver que a parte da frente da Catedral é uma “onda” e que dentro dela, uma das paredes fica muito muito muuuito inclinada, e caminhar pelo corredor realmente te faz sentir toda essa onda!

Passeio inesquecível! Inclusive achei mais interessante o interior inclinado dessa Catedral do que o mosteiro também inclinado de Pisa!

Notre Dame – Paris

Acho que essa é o que? Uma das mais tops do mundo né? Tem a Sagrada Família em Barcelona que é top também (e que ainda não tive a oportunidade de conhecer). Mas essa é famoséééééérrima e digna de elogios. Confesso que por fora não achei tão incrível assim, mas realmente me impressionei com o interior dessa igrejinha.

É tudo muito grande, muito detalhe, muitos objetos de decoração sacra super bonitos. Difícil não passar um tempão lá dentro admirando tudo isso (e lembrar do corcunda, óbvio).

Igreja Santo Ildefonso e do Carmo – Porto – Portugal

Em Portugal a coisa mais legal que achei em várias das construções, é a decoração de azulejos. Um ótimo exemplo disso são estas duas igrejas, Ildefonso e Carmo (respectivamente nas fotos).

Tem toda a parte interna com decoração típica dos séculos passados, muito outro brasileiro e blábláblá, mas sério, não é muito legal todo esse exterior de azulejinhos azuis? Eu achei.

Basílica de San Marco – Venezia

Igreja na Itália. Precisa falar mais? Acho que lá eles tem um padrão que igreja tem que ser grande, linda, majestosa, esculturas detalhadíssimas e muitos turistas! Ah sim, muitos. Muitos mesmo. Assim como a Basilica di San Pietro em Roma, essa aqui, ponto turístico básico em Venezia, tem fila para entrar.

Belíssima por dentro e por fora, é difícil conseguir ver muita coisa aqui. Como é muito cheia e bem menor do que a de San Pietro – além de ter acessos restritos de visitação e algumas parte pagas – é um empurra-empurra que só vendo. Mesmo do lado de fora é quase impossível tirar uma foto decente na frente da igreja. O negócio é trazer na memória, tentando abstrair todos os zilhões de turistas que estavam te empurrando durante a visita.

A foto mais bonita que consegui tirar foi da lateral (ok que essa viagem foi durante o carnaval, então estava com turismo vezes 1 milhão):

Duomo – Milano

Tá, não é favoritismo, acreditem, é apenas uma constatação óbvia que essa é a minha preferida (por isso deixei por último). Confesso que por dentro ela é bem simplinha, bem normal. Mas gente… por fora! É por fora que a magia dessa igreja acontece. Sério, olha isso:

E melhor do que ver isso assim, de longe, bem linda e imponente com suas mais de 3 mil estátuas, é ver tudo isso bem de pertinho lá de cima! Como? Subindo, oras bolas! É um passeio mais do que obrigatório esse. Tem a opção de elevador que custa 11 euros (custava na época pelo menos) ou de escada, 6 euros. Nós subimos de escada porque somos jovens e atléticos, ok? A subida nem é tão árdua assim, ela só é um pouco estreita.

Chegando lá em cima, você SÓ vê isso:

Acho que não preciso tecer mais comentários.

Amém.

* Na realidade faltaram várias igrejasbarracatedraisbarrabasilicas bonitas e importantes, mas esse post já está enorme e eu tenho material para mais uns 10 desse de igrejas. Daqui uns meses eu faço uma segunda, terceira, quarta edição.

Anúncios

10 Respostas to “Comparando: Igrejas”

  1. Carolina Garofani 18/08/2010 às 11:26 #

    Eu gosto da Catedral de Köln também, que é suja e fuligenta que nem a de Glasgow:

    E como diabos vc esqueceu a Sagrada Familia em Barcelona?

    Que é a mais linda EVER! 😀

    • Anna 18/08/2010 às 13:33 #

      Caro! Não esqueci dessas duas não! Mas eu não tive a oportunidade de conhecê-las ainda! Fica fria, tem muita igreja linda pra postar ainda!!

  2. Fe 02/09/2010 às 17:29 #

    A igreja de Koln é linda mesmo!

    E dica deouro… se você tiver disposição pra acordar cedinho, não pega fila em lugar nenhum…. pleno verão, cheeeio de turista, e não peguei fila nem no Vaticano, nem em Veneza. E tem o extra conseguir fotos sem quinhentos japoneses na frente.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Top 3 cidades preferidas « Finestrino - 16/12/2010

    […] subir no Duomo. A vista é linda e a principal igreja da cidade é sem dúvida a mais bonita que já vi na vida. O passeio é baratinho e ver todas as esculturas de perto é algo único. Só pra constar, a igreja […]

  2. Resultado da promo!! « Finestrino - 23/12/2010

    […] San Cristobal de Las Casas, México – estou devendo um post só sobre essa cidade ainda […]

  3. Roteiros: 07 – Coimbra « Finestrino - 03/01/2011

    […] que tem muita igreja por lá, uma vibe meio Itália assim… depois conto sobre elas, um “comparando igrejas […]

  4. Westminster e por ali « Finestrino - 17/01/2011

    […] no post comparando igrejas que não entrei nessa pois achei um absurdo ter que pagar 11 libras pra entrar. Ver de fora foi […]

  5. Notre Dame x Sé | FINESTRINO - 12/02/2011

    […] passado resolvi fazer, inocentemente, um comparando igrejas aqui no blog. Na boa, levei acho que 3h horas só pra montar aquele post, só porque eu não tinha […]

  6. Westminster e por ali | FINESTRINO - 01/06/2011

    […] no post comparando igrejas que não entrei nessa pois achei um absurdo ter que pagar 11 libras pra entrar. Ver de fora foi […]

  7. Top 3 cidades preferidas | FINESTRINO - 01/06/2011

    […] subir no Duomo. A vista é linda e a principal igreja da cidade é sem dúvida a mais bonita que já vi na vida. O passeio é baratinho e ver todas as esculturas de perto é algo único. Só pra constar, a igreja […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s