Arquivo | dezembro, 2010

Roteiros: 04 – Espanha

31 dez

Último dia do ano… estamos em La Covatilla passando muito frio!

Na mala tem:

1. protetor de ouvido;

2. manteiga de cacau – muito importante;

3. luva de lã E de couro;

4. meião;

5. roupa para esquiar;

6. casaco quentinho;

7. bota quentinha;

8. cachecol.

Tudo como comentei neste post aqui. Só espero não cair tanto e quebrar uma perna! Hehe.

 

 

Anúncios

EXTRA! EXTRA! Lisboa News!

30 dez

Pois entao que estou aqui e ADORANDO esta cidade!

Vou so fazer algumas consideracoes inicias:

1. Apesar de todo o caos aereo, meus dois voos foram super pontuais, nao peguei filas gigantes e nem nada. Muito tranquilo. Alias, acho que foram os voos mais precisos que peguei;

2. Cade o frio gente? Aqui esta tranquilissimo. De manha cedo faz mais frio, claro, mas de tarde rola ate um calorzinho;

3. O tempo aqui e esquisito. Tem um sol lindo e tchans e do-nada chove. Mas nao e tipo garoa, cai uma chuvona assim de repente, dura uns 15 minutos e para. Ok ai voce fica feliz que parou de chover, esta passeando na rua e de novo, do-nada, chuva. Mas ok, nao esta atrapalhando o passeio;

4. Tem um monte de lojas muito legais e alternativinhas e designers e cada rua e uma surpresa neste quesito. Tambem tem tanto lugar legal para comer e sair a noite que 1 ano nao bastaria para conhecer todos;

5. Uma das coisas que queria visitar era a IKEA. Ai ela e bem longe e tem que ir de carro. Fui ontem com uma amiga, mas que decepcao! Estava fraquissima. Fiquei acho que 10 minutos la dentro. Fiquei chocada;

6. E tao bom viajar pra um lugar tao longe que tem a mesma lingua que a gente ne? Eu acho otimo. Hahaha

Bem, por enquanto e isso.

Hoje fui atingida por tipo 800 italianos num dos pontos turistico que fui, me senti na Italia novamente. He.

AHHHHH uma coisa importantissima: os portugueses sao bem interessantes hein? Curti isso. (Y)

Daqui a pouquinho vamos para a Espanha. La sim vai estar meeeeeeega frio. Quando voltar de la dou um alo por aqui de novo.

Mas assim… se preparem… tenho muuuuita coisa pra contar daqui. 6 meses de posts Lisboetas pra voces.

 

 

Roteiros: 03 – Lisboa

30 dez

Mais um dia em Lisboa antes de ir para a Espanha.

Partimos hoje no fim da tarde para lá, de carro mesmo… uma viagem de 3h/4h. Meeeeedo do friozão…

 

Roteiros: 02 – Lisboa

29 dez

Dia cheio hoje também… ou não…

Em Lisboa tem vários museus, apesar de me falarem que não são suuuper mega tops e tal. De qualquer forma, fiz uma lista com os museus da cidade pra vocês!

Mais pra frente vou colocar uma pequena lista de restaurantes e cafés que indicaram… Será que são bons mesmo? Quero ir em todos – será que vou voltar rolando?

 

Guia dos Museus:

 

Roteiros: 01 – Lisboa

28 dez

Aeeee! Cheguei em Lisboa, friozinho tranquilo por aqui. Cheguei cedinho, 6h da manhã (zzzzzz), vou poder aproveitar o dia todo. Quero ver todo mundo já, que emoção.

 

Próxima Parada: Lisboa

27 dez

Logo mais (daqui 4h precisamente) vou pro aeroporto toda faceira para a minha próxima parada, vide título.

Estou empolgadíssima com esta viagem, pois tirando o motivo óbvio de viagem para a Europa, encontrarei grandes amigos portugueses que não vejo há 2 anos e meio. Junto a isso adicione o fato de que vamos ficar 3 dias na Espanha esquiando em La Covatilla, pertinho de Salamanca.

Faz 6 anos e meio que esquiei pela primeira e última vez, isso significa que:

A) vou cair;

B) vou cair;

C) vou cair;

D) vou passar vergonha;

E) vou dar risada;

F) todas as anteriores.

Depois conto pra vocês, provavelmente na categoria Fail!

Enfim, volto dia 9 apenas, e como não sou o tipo de pessoa que fica 24h na internet atualizando redes sociais, acho pouco provável que faça posts em tempo real aqui no blog, estarei passando frio na Europa.

Prometo que se der posto coisinhas, nem que seja uma foto minha caída na neve, mas vou postar todo o roteiro mais ou menos definido, assim como fiz com NY. Assim quem quiser ir pra lá já tem algumas sugestões para a viagem.

Vou encontrar amigos lá, então é muito provável que minha programação mude, mas por hora estou contando com: Lisboa, Sintra, Cascais, Coimbra, Mafra, Óbidos, Setúbal, La Covatilla e Salamanca. Vamos ver se consigo fazer tudo. Espero que sim!!

Desde já quero deixar um ótimo Ano Novo pra todo mundo e um super obrigada para você que prestigia o blog e tem paciência de ler nossas estórias. É um prazer ajudar os viajantes como nós!

E sabe o quê? Vou deixar um spoiler: ano que vem vão rolar uns sorteios super-legais aqui pelo blog. A-ham, aguarde e participe!

Japão

26 dez

Há um tempão atrás, lá em 2003, eu fui para o Japão. Foi minha primeira viagem internacional, duas semanas, toda aquela emoção. Era um intercâmbio cultural organizado pelo Positivo (até hoje rola, se não me engano) e, apesar de curta, foi uma experiência muito legal, principalmente a parte de ficar na casa de uma família e vivenciar a rotina deles.

Procurei pela internet, mas não achei muita informação sobre outros intercâmbio do gênero, mas Rotary e outras instituições desse cunho devem ter programas parecidos. O nosso era uma parceria com a prefeitura de Himeji, cidade-irmã de Curitiba, que fica em Hyogo, perto de Osaka e Kyoto. Um grupo de alunos daqui ia para lá e ficava na casa de uma família e, no semestre seguinte, o adolescente anfitrião da familia de lá vinha para cá e ficava na casa de outra família que, seis meses depois etc, etc… Por isso não posso dar muitas dicas sobre o visto, o nosso foi providenciado pelo colégio, bem tranquilo.

A minha família era ótima, muito parecida com a minha daqui em personalidade. Eram duas irmãs e um irmão e os pais. As meninas falavam um pouco de inglês, mas a comunicação geral era um misto de japonês/inglês/português/mímica/desenho. Na viagem inteira encontrei um punhadinho mínimo de gente que falava inglês bem, então vá preparado e com paciência. Em compensação os japoneses costumam ser muito hospitaleiro, cordiais e genuinamente interessados em você, principalmente os jovens. Se você é loiro ou tem olhos claros, vai causar furor entre as adolescentes, certeza. Ah, eles vão te obrigar a fazer paz amor em todas as fotos, é difícil escapar!

É claro que nem todo mundo teve sorte… algumas pessoas ficaram em casas onde as pessoas não falavam nada inglês ou passavam o dia inteiro fora. Se você planeja fazer um intercâmbio desse tipo, para qualquer país que seja, isso é um imprevisto que pode acontecer. Por isso é importante estar confiante com sua agência de viagem, para poder dizer “não gostei desse pessoal” e ser realocado para outra família. No nosso caso tudo deu certo no final, eba!

Curiosidades da vida doméstica:

As casas que visitei não eram minúsculas como esperava, mas eram atoladas de tranqueiras. Para todos os lados, de todos os tipos. Para poupar espaço, as escadas são muito ingrimes, o que me rendeu vários hematomas no joelho.

A mesa da sala era baixinha, então ficavamos sentados no chão, com as pernas cobertas por um pano que fecha as laterais. No centro tem um aquecedor para manter as patinhas quentinhas no inverno absurdo de lá.

Agora que consegui recuperar minhas fotos (por um momento de pânico achei que as tinha perdido em um erro de backup), faço mais uns posts niponicos. O grande ponto turistico da cidade: o Castelo de Himeji, em breve!