Buenos Aires #roteiro parte 4

27 jan

Por último no percurso pela capital argentina, o bairro da Recoleta. (dicas básicas aqui e os bairros de San Telmo e Microcentro e Palermo.

Recoleta

A parte mais famosona do bairro eu já falei sobre, o cemitério da Recoleta, onde a Evita e várias outras personalidades históricas da Argentina estão enterrados. Dá pra reservar umas duas horas para passear por ali, um pouco mais se você for maluco por arquitetura.

O cemitério fica bem pertinho do MNBA (Museo Nacional de Bellas Artes), então você pode seguir sua visita para lá. O museu fica aberto de terça a sexta das 12h30 as 20h30 e de sábado e domingo das 9h30 as 20h30. O melhor de tudo é que a entrada é gratuita! O acervo do museu é vasto, desde obras clássicas até arte contemporânea argentina, além de receber exposições temporárias.

Saindo do MNBA, pegue seu mapinha e siga caminho para Floralis Generica, não muito longe dali. Obra do arquiteto Eduardo Catalano, é uma construção enorme e linda, feita em aço e alumínio. As pétalas abrem e fecham dependendo da hora do dia. Tem um parque ao redor da flor e é um ótimo lugar para descansar antes de seguir batendo perna!

Seguindo toda vida (brinks, nem é tão longe) a rua que passa em frente a Floralis, você chega no MALBA (Museo de Arte Latinoamerico de Buenos Aires). A Anna falou um pouquinho dele aqui. De quarta a entrada é mais barata (10 pesos). Quando fui a maioria das exposições temporarias estavam fechadas, mas o museu em si é suuuper bonito e clean, com intervenções artisticas… É focado em arte moderna e entre as peças mais famosas do acervo estão o Abapuru, da Tarsila do Amaral e quadro do Siego Rivera e da Frida Khalo.

foto do site

foto por Pablo Reinoso

E por ultimo, o bairro mais moderninho de BsAs, Porto Madero. Pra falar a verdade esse foi o último que visitei e já estava exaaausta, então só passei (me arrastei) numa olhadela básica.

O bairro fica perto do porto, então tem toda aquela vibe de navios, guindastes de carga enormes, somado a uma paisagem que é exatamento o que você imagina do pampa gaucho. Isso porque no perímetro do parque é a Reserva Natural Costanera Sul, um parque enorme onde você pode fazer picnic, andar de bike e só passear de bobeira mesmo.

Várias pontes ligam uma parte a outra do bairro, sendo a mais chamativa delas a Puente de la Mujer, inaugurada em 2001. Do lado de lá da ponte ficam alguns restaurantes chiques da cidade. Do lado da cidade você acha opções um pouco mais baratas, inclusive alguns exemplares de cadeias de restaurantes bem americanos, como o Hooters e o TGI Friday.

E ai, ficou faltando algo de Buenos que você gostaria de saber?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s