Buenos Aires #roteiro parte 3

23 jan

Mais uma parte no nosso roteiro por Buenos Aires. Se você não viu os outros, dicas básicas aqui e os bairros de San Telmo e Microcentro aqui. Também restaurantes, tangos e o cemitério da Recoleta

Palermo

O bairro de Palermo é mais moderno do que os que já falamos até agora. Os prédios são mais recentes, mais limpinhos, o clima mais burguês. Adjacentes estão os bairros de Palermo Soho e Palermo Viejo, bem jovens e descolados. Lojinhas mudernas, vários cafés, e tudo bem mais contemporâneo do que San Telmo, por exemplo.

Palermo também é famoso pelos vários parques e áreas de lazer.

3 de Febraio

Esse parque é enorme, bem no centro de toda a área verde de Palermo. Os argentinos vem nos finais de semana e feriados fazer picnic por aqui. Ladeando você vai achar a Plaza Holanda, Plaza Jardines de Inverno, entre outras. É um grande complexo de parques – e acha perna para atravessá-los.

Hipodromo

Seguindo um pouco para cima, você encontra o Hipodromo Argentino de Palermo. A entrada é livre, a não ser na área VIP. Mas os meros mortais conseguem ver as corridas muito bem, pertinho da pista, e até fazer uma apostinha se quiser se aventurar. As corridas costumam ser de sexta, sábado e segunda, com algumas variações, é bom consultar o calendário do site oficial. Eu nunca tinha ido em um Hipodromo, achei bacana para conhecer. O lugar é muito bonito, bem imponente e a corrida… bem, é confusa e rápida. Mas os cavalos são lindos!

Dentro do prédio existe um cassino. Se você só vê senhores apostando na pista, é aqui que as mulheres deles preferem ficar, é cabelo branco a perder de vista nas máquinas caça-níquel. São vários andares, todos com escapa rolante, salas de roleta eletrônica, e muita luz piscando para todos os lados. O prédio em si é muito bonito, pena que não consegui tirar nenhuma foto. Vale dar uma voltinha, perder dois pesos em algum jogo ininteligível e continuar seu passeio.

Zoologico

Ao lado do Jardim Botânico está o Zoológico de Buenos Aires. Eu tenho sentimentos mistos quanto a zoológicos, mas vez ou outra acabo indo. O de Buenos Aires não é o mais moderno, mas é bem cuidado e os animais parecem saudáveis. Você pode comprar uma comida especial para dar para alguns dos mais dóceis, inclusive alguns muito simpáticos que ficam soltos pelo parque.

O ingresso vai de 15 a 22 pesos, dependendo do tipo.

Jardim Japonês

Do outro lado do zoologico fica o Jardim Japonês. Você paga por volta de 8 pesos para entrar e, se quiser, eles tem guias em espanhol e inglês em alguns horários do dia. É um grande jardim de paisagismo niponico, muito bem mantido pela fundação Cultural Argentino-Japonesa.

Não é o passeio mais importante do mundo, mas se você estiver por perto e tiver um tempinho, rende fotos bonitas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s