#Fail: Como gastar mais

18 dez

Aeee categoria nova no blog!! Sabe, viajar não tem só bons e lindos momentos nããão. Tem vários momentos fail e é por isso que criamos essa categoria, pra contar pra vocês os nossos “podres” de viagem… tanto porque depois que eles acontecem viram nada mais nada menos do que boas – e engraçadas – estórias.

Tá afim de rir da nossa cara? Esse é o momento, e sou eu que vou estrear, ensinando a todos “como gastar mais do que queria”.

Este belo momento de minha viagem teve a influência de um amigo – o qual não revelarei a identidade para não causar intrigas – que né, me ajudou a pagar mais.

New York, Estátua da Liberdade – Setembro 2010.

Seis amigos felizes e contentes às 8h da manhã passeando e fotografando tudo. Após o passeio nos deparamos com o quê? Uma lojinha. Ahhh… as lojinhas. Obviamente fomos.

860 mil tipos de souvenirs. Um deles chama minha atenção: Barbie temática Estátua da Liberdade. Busco freneticamente o preço e não encontro. Meu querido amigo foi obrigado a prontamente pergunta o preço para mim. Volta com a feliz notícia: USD 15!!

Ótimo já peguei uma pra mim e outra amiga também pegou uma pra ela. Demos mais um rolê por ali, pegamos mais algumas coisinhas, uns souvenirs pros amigos, pra família, aquela coisa toda e fui pagar, faceiríssima com minha Barbie de colecionador. O total? Choque ao ver o cartão passando USD 60. Em-souvenirs!

Aham, caros. A boneca custava CINQUENTA e não QUINZE. Fifty – fifteen. Confusão clássica.

Fiquei com vergonha de falar pra caixa não passar meu brinquedo novo, mas fui legal e avisei minha amiga da gafe. Ela conseguiu se salvar e está me devendo essa agora. Pode me pagar em dólares, inclusive.

Moral da estória:

1. preste atenção quando fizer perguntas necessárias em outra língua (tenho mais gafes por causa disso, inclusive);

2. não confie nos “amigos”!

Brincadeira tá amiguinho? Eu amo minha Barbie mesmo assim… e… gosto de você ainda.

 

 

 

 

Anúncios

5 Respostas to “#Fail: Como gastar mais”

  1. Mariana 18/12/2010 às 12:28 #

    na minha segunda tentativa de comprar a camisa do yankees, o pardal perguntou quanto era e veio corredo todo feliz me dizendo que era 18.
    quando eu já tava pensando em pedir camiseta do yankees pra família toda, olhei na etiqueta e era 80.

  2. Mariana 18/12/2010 às 12:32 #

    essas coisas de preços são entranhas mesmo.
    em inverness fui comprar um pedaço de pizza na pizza hut e ela disse “fri ni ni ni”
    pensei “que porra é essa?”,daí olhei no caixa e era 3,99

    e teve outra vez que eu tava no bar em viena e meu amigo perguntou quanto era a cerveja. daí o outro respondeu “three”, mas falou meio que “free”, né.
    daí o outro responder “de graça pra vc que trabalha na comissão de intercambio”
    o outro ficou com uma cara tipo “hã?”
    daí eu que já tinha caído nessa do “free” expliquei pro cara que não era “free”, mas sim “three”

    • Mariana 18/12/2010 às 12:32 #

      *estranhas

  3. ligia 18/12/2010 às 14:11 #

    Em NY uma gafe pra mim foi o PJ’s Clark, que em algum momento alguém falou que era um dos melhores hamburguers da cidade. Fiquei frustrada. Muito caro, muito pequeno. Pra se ter uma idéia, meu brownie era maior que meu hamburguer. o que claro significa uma ambudancia em brownie. mas eu queria meu almoço…

  4. Miguel 19/12/2010 às 18:06 #

    Inverness é na escócia? PQ AQUELA GENTE FALA INGLÊS NÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s