Comparando: Aeroportos #2

21 nov

Continuando a saga com os aeroportos (se você não leu o post #1, clica aqui!), vamos para alguns hiper importantes do mapa e que inevitavelmente temos que passar:

Atlanta

Hartsfield-Jackson Atlanta International Airport

Quando soube que teria que fazer escala em Atlanta pensei: tá, deve ser micro e bobo esse aeroporto. É, me enganei. Não sabia que ele era o maior aeroporto em movimento de passageiros do mun-do, e também gigantesco de área.

Fiquei impressionada mesmo, ainda mais porque viemos de conexão doméstica para fazer internacional e tivemos que andar a vida pra chegar de um terminal ao outro… isso usando o metrô do aeroporto. Ah sim, porque ele também tem esse transporte moderno de última geração que facilita os passageiros atrasados – ou preguiçosos – .

O que eu não gostei foi que, ahn… não tinha free shop, pelo menos não na área em que eu estava. Tinham lojinhas variadas (e caras né, porque tudo em aeroporto é absurdamente caro, uma água é tipo R$10!) e várias opções interessantes para comer.

Olha que lindíssima essa banquinha de doces que tinha na nossa sala de embarque:

Fiquei muito tentada a comprar, mas já estava bem alimentada e já meio enjoada de avião, além de que seria meio inconveniente entrar num avião com isso, convenhamos. Pior que tinha promoção: leve 3 pague 2. Comofas pra carregar 3 disso no seu micro espaço no avião da Delta?

NY

La Guardia

Eu sempre quis conhecer o JFK, mas né, a vida me reservou o La Guardia. Já falei acima que o aeroporto de Atlanta me supreendeu positivamente e conto agora que o de NY me surpreendeu negativamente.

Primeiro: velho, pequeno, feinho.

Segundo: as malas demoraram quase UMA HORA pra vir. Não, sério… depois de um voo de 9h + imigração + outro voo de 3h, quem curte esperar todo esse tempo pela mala? E não foi a minha mala que não chegou, foi a de todo mundo mesmo. Acho que eles estavam dormindo, só pode.

E o que me chamou a atenção foi que depois de pegar a mala, pra sair da área tinha que mostrar sua passagem e o ticket da bagagem para uma mulherzinha. Achei uma precaução legal isso, evita de você pegar mala errada sem querer ou de ser roubado mesmo.

E quase esqueci de comentar! Quando saímos achamos que o aeroporto era micro, mas assim que pegamos o ônibus para o centro, descobrimos que não era tão pequeno assim. Tem vários terminais separados também, dividido por companhias. O da Delta era o maior, obviamente.

Paris

Charles de Gaulle

O principal aeroporto de Paris é outro dos gigantes e fica ha 25km de Paris, mas como tem uma linha de metrô que sai lá de dentro, nem é tanto drama assim. Principalmente se você falar francês ou encontrar amigos franceses (fui feliz neste momento) para te ajudarem, porque o lance do ticket é meio complicado, porque pelo que eu entendi na hora, você tem que comprar um ticket pra “sair” do parâmetro do aeroporto e poder ir até a cidade. Confuso? Eu achei, mas como não precisei me esforçar para entender, cof cof, tinha “personal amiguè” comprando isso pra mim, me dei o luxo de não prestar atenção.

Tá, fora esse detalhe, o aeroporto é gigantesco também, com 800 terminais e metrô dentro. Tem umas partes que você tem que ir por fora mesmo, desce do metrô e anda mais um pouco pra chegar em determinado terminal.

Adivinhem qual terminal é o que tem que andar por fora pra chegar! Adivinhem! O de companhias Low Cost, que dúvida. Lá tem Easyjet, que diferentemente da Ryanair, sai dos aeroportos normais das cidades e não dos que ficam 780km de distância.

Neste terminal não tem muita loja e distrações para os passageiros, mas tinham boas opções de comida, inclusive um restaurantinho mais saudável.

Aqui eu achei um esquema dos terminais do Charles:

E achei também o terminal barateza da Easyjet:

Beauvais

Se o Charles de Gaulle é incrível e grande e bonito, o de Beauvais (buvé que fala, ou algo assim) é o oposto. É o primo pobre, por assim dizer.

Pra começar que de lá sai Ryanair, ou seja, é longíssimo… tipo uma relação Curitiba – Ponta Grossa. E só tem um ônibus que leva até lá – além de táxis, que saindo da última parada do metrô mais próximo, chega a custar 150 euros – e custa 13 euros o trecho.

Eu já não estava feliz com o fato de que ia chegar lá e perder o voo, o que de fato ocorreu por 5 minutos de atraso. Foi bem legal saber que não tinham mais passagens para 3 pessoas para a Milão. Emoção, vida selvagem. Mas ok, o pouco que fiquei lá brigando com a atendente da Ryanair e que vi o tamanho do local, já percebi que era coisa pouca. A fila de embarque acabava quase na porta de entrada do aeroporto, não porque tinha muita gente, mas porque não tinha espaço mesmo! Como pode? E o check-in era uma cabine mocada ali do lado.

Tão vendo essas faixas pretas? Isso é para a fila de embarque, do lado esquerdo já tem a porta de entrada logo ali e como se estivesse do lado da pessoa que tirou a foto, o check-in. Deu pra entender a descrição??

Se puder não ir nesse aeroporto, não vá. É vida selvagem!

Rio de Janeiro

Galeão

Assim como o de Congonhas que dá aquele medinho na hora de descer, o Galeão também dá um frio na barriga. Porque você só vê mar, mar, mar, o avião descendo, e mais mar, mar e enfim ele pousa. Imagina a minha sensação de paura (eu morro de medo de aterrisagem independente do aeroporto), vendo o mar aos meus pés e pra completar quando a gente estava quase chegando o comandante diz: vamos ter que subir de novo porque não vou conseguir descer. Eu morri 5x nisso!!

Ok, drama 1 passado, fomos pegar malas para conexão e aqui elas demoraram quase 1h também, igual La Guardia. [Na real, acabou de me ocorrer que acho que foi uma padrão estabelecido para nós nesse dia, porque fizemos Galeão-Atlanta-LaGuardia, e as malas demoraram horrores nas paradas.]

Confesso que esperava mais do Galeãozinho, achei frio, sabe como? E também a área de check-in meio apertada, ainda mais que estava cheio, a fila gigantesca…

Mãs tive o prazer (ou não) de ficar no hotel lá do aeroporto porque eu perdi um voo – de novo – e a Delta deu a estadia e as refeições. E se você precisar ficar no hotel, fique nesse mesmo. É ótimo, sem janela, porém ótimo. O quarto é bom, o chuveiro excelente e o restaurante é incrível!

Porto

Francisco Sá Carneiro


Quando fiz o post da cidade portuguesa, comentei sobre o aeroporto e o quanto me surpreendi com ele. Vou facilitar e contar de novo:

“Nos surpreendemos assim que chegamos, pois o aeroporto já era o máximo por si só. Ta, ele não era tipo gigante, mas não achei que fosse encontrar a organização e a tecnologia que encontrei ali.

Não é novidade ter um metrô que sai de dentro do aeroporto, várias cidades tem isso, mas nunca imaginei isso no Porto. Achava que era cidadezinha pequena, mais “das antigas”, sei lá… só sei que não era isso que esperava.

O trem era super modernoso e a plataforma em que ficava também. Assentos almofadados e tudo novo e limpo. Ah, e bem sinalizado, requisito fundamental para nós turistas (ainda mais se for em português!).”

Realmente, foi uma ótima surpresa, ele não é super bonitão e moderno??

Cidade do México

Aeropuerto Internacional de la Ciudad de México – Benito Juárez

Taí um aeroporto top. Comentei sobre ele aqui no blog neste post, mas vou repetir algumas coisas aqui:

“O aeroporto é tipo giga, como a cidade toda. O que eu achei bem legal foi que quando você fica esperando a mala, fica vendo eles revisarem tudo através de um mega vidro que separa esteira e passageiros. Eles colocam as malas, uma do lado da outra, com a alça pra fora já, prontinha para ser retirada. Aí vem um cachorro e passa 4x por cima das malas cheirando tudo. Só depois disso é que eles ligam a esteira. É meio demorado, mas é legal de ver. Ainda mais porque eles não jogam as malas como no resto do mundo, eles colocam as malas (achei simpático isso). Queria ter tirado uma foto ou feito um vídeo pra mostrar, mas é proibido fazer isso nessa parte do aeroporto.  Então a primeira dica do post é: tenha muita paciência para pegar sua mala, o processo é demorado pra caramba. Divirta-se vendo todo o processo, não tem outra saída.”

A única coisa que não gostei foi o free shop. Era ridículo! Um aeroporto enorme e bonito daqueles, que todos são super simpáticos com você, podia ter algo melhor. Era irrisório e com pouquíssimas coisas. Eu ainda entrei antes pra poder passar um pouco do tempo ali e meio que não rolou. Nem kit kat tinha!! Isso é um absurdo, no mínimo.

E também achei estranho que não tinha polícia pra sair, você passa no raio x e já está livre, leve e solto em salonas enormes de espera. Como todo o aeroporto, os espaços eram bem grandes, não ficava todo mundo apinhado num canto. Achei ótimo isso!

Ah! E se você precisar, pode ir na área de check-in vip da Aeromexico. Eu fui lá porque o carregador de malas falou que podia, e me atenderam rapidíssimo, sem fila, sem stress, com amor, com coração. Me senti vip mesmo. E… os check-ins são separados em salas de vidro, não é tudo em um mesmo saguão, é muito organizado. Achei exemplar, melhor do que o de Paris, o de Londres, Guarulhos então, nem comento.

Pessoal dos aeroportos, olho no amigo da Cidade do México!

Maceió

Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares

Taí outro aeroporto que me surpreendeu. O aero de Maceió é pequenino, tipo o nosso aqui de Curitiba, mas é todo novinho e limpinho, com espaços amplos para boa circulação.

Pegamos um meeeeeeeeega atraso do voo lá, e como já tinha tomado meu dramin clássico, acabei dormindo na mesa da praça de alimentação. Ela foi bem confortável.

Porém não tinha muita opção de comida lá não. Pelo menos há 5 anos atrás tinha apenas Casa do Pão de Queijo. Cara, só tinha isso. Imagina a fila!! Nem Mc Donald´s tinha. Dá pra acreditar??

Ãnfãn, o aeroporto é lindo e pelo turismo que tem dá bem, só pelamordedeus né, alguém abre mais um restaurante láááá!!

Alguém mais teve boas experiências nos aeroportos por aí??

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s