Arquivo | 15:10

Vaporettos

20 out

Veneza é uma cidade  que, além de lindíssima, é cheia de particularidades.

Por ser formada basicamente de canais e rios, ao invés de ruas, a cidade sofre com enchentes com certa frequência. Até alguns anos atrás eles ainda usavam sirenes da época da segunda guerra para avisar a população de ameaças de enchente. A partir de 2007 o sistema foi atualizado e, além do alerta geral, ainda se é comunicado a intensidade da acqua alta. De um a quatro tons indicam o nível da água – quando mais agudos, mais alta a maré. Então se você ouvir uma sirene rolando solta por Veneza, melhor encurta o passeio!

Outra particularidade dos rios é o meio de transporte – os vaporettos. A circulação é bem simples, com os pontos de parada ao longo dos canais principais. Nesse site você consegue ter uma noção melhor das rotas e caminhos a serem feitos. Para quem está hospedado na ilha principal, as linhas mais úteis são a 1 e a 2. As linhas 41 e 42 circulam a ilha principal e vão até Murano, outra atração turística de Veneza.

A tarifa para um único bilhete é absurda, custa por volta de 6,5 euros, e você pode tomar mais de um vaporetto, na mesma direção, durante uma hora.

Para quem vai ficar um pouco mais na cidade, vale a pena comprar o Tourist Travel Card. Ele serve para todos os ônibus e vaporettos, em qualquer sentido. Ele é vendido na rodoviária e outros pontos turisticos/posto de auxilio ao turista, e você paga por tempo de uso:

  • 12 horas – 16,00 €
  • 24 horas – 18,00 €
  • 36 horas – 23,00 €
  • 48 horas – 28,00 €
  • 72 horas – 33,00 €
  • 7 dias – 50,00 €

Se você tem entre 14 e 29 anos, pode comprar o Three-day Young Person’s Travel Card, que é válido para (obvio) 3 dias e custa 18 €. MAS você tem que antes comprar o RollingVENICE Card, da Hello Venice, por 4 €. De qualquer forma sai bem mais em conta!

Eu imaginava barcos bem menores e mais simples do que eles são. É bom tomar cuidado ao entrar e sair, porque o piso é fica escorregadio. Sentar nem sempre é uma opção, já que eles costumam estar bem cheios e não são muitas as cadeiras, mas né, você está em Veneza! Aproveite a vista!

Os dois videos foram feitos pelo Marcel, a Aduge, que estava viajando comigo. Esse aqui é um detalhe da parada do vaporetto. Em cada parada o guarda amarra o barco, para as pessoas embarcarem e desembarcarem. É tudo muito rápido e habilidoso, tchun-tchun, achei bem bacana. O barulho da corda esticando… Bem diferente de parar em um tubo de bi-articulado!

(desculpa por ele estar virado, mas não sabia como desvirar o video!)

Anúncios

Roteiro: Milão-Paris-Amsterdam-Roma-Bologna-Venezia

20 out

Ufa, cansei de escrever esse título até!

O Thiago de Foz do Iguaçú pediu nossa ajuda para traçar o roteiro dele no final do ano. Ele vai junto com um amigo passar a virada do ano em Paris, mas antes vai dar uma volta por Milão e depois ainda segue para 1 dia em Amsterdam, 3 em Roma, 1 em Bologna e 1 em Venezia.

Sugerimos alguns passeios e claro que inserimos mais algumas dicas pra eles não se perderem por lá!

O roteiro inteiro tem 25 páginas, tamanho A5 (meia página) com pontos turísticos básicos de cada cidade, mapa de metrô, dicas de compras em Milão, restaurantes em Paris, uma lista de museus em Amsterdam e mini dicionário de sobrevivência dos 3 países.