Comparando: Museu de História Natural

4 out

Aqui vou falar dos dois maiores museus de história natural que visitei até agora, o de NY e o de Londres. Os dois são grandiosos e tem coisas bem interessantes.

O de Londres fica num prédio maravilhoso e que no inverno abriga uma pista de patinação no gelo no jardim.

O museu abriga desde dinossauros até uma parte de ciência com foguetes espaciais e uma história cronológica do planeta, com estudo de rochas e tudo o mais. A parte de dinossauros é bem grande, só que também é bem cheia. Tem uma sala especial, com um tiranossauro que se mexe e tudo o mais, mas você vai vendo tudo em fila e essa parte acaba sendo meio chata e as fotos com flash ficam meio ruins… mas é bem bacana e tem bastante material.

A parte de animais marinhos é bem interessante também, mas achei as coisas um pouco amontoadas.

Na foto aqui debaixo da direita dá pra ver como fica cheio o museu. Vai ver é porque além de legal e ponto turístico básico, ele é de graça, como a maioria dos museus na cidade.

Existem atrações especiais para as crianças, com atividades interativas e que ensinam de forma adequada aos pequenos. Realmente quando fui tinham muuuitas crianças e pelo jeito elas ficavam lá dentro do museu horas e horas!

Já o museu de NY me pareceu um pouco menor do que o de Londres, apesar de ser bem grande também. Tem 5 andares e por abrigar tanta coisa é um pouco confuso, assim como o britânico.

Esse museu estava bem mais vazio quando fui, e nem fui tão cedo assim… já eram umas 11h.

Algumas salas estavam em reforma, e uma delas era o salão de entrada principal e também a fachada. Há uma entrada pelo metrô, na parada entitulada com o nome do museu mesmo. É bem mais tranquilo entrar por ali, vi que no salão principal tinha fila enquanto que nessa não tinha quase ninguém.

Ali embaixo mesmo tem um mini mercadinho, e dá pra comer ali dentro mesmo, principalmente se quiser fazer uma visita bem minuciosa e ver tudo, porque daí dá pra fazer uma paradinha e encher a barriga antes de continuar a saga pela história natural.

O museu é todo separado, óbvio. Tem história americana, sala da África, sala do México, sala de pedras preciosas, sala de Alaska, dinossauros e etc.

Achei as esculturas muito perfeitas, pareciam muito reais, assim como os cenários. A parte de animais marinhos achei bem mais bonita, melhor distribuída e mais interessante do que o de Londres.

 

A parte de pedras preciosas é bem legal também, tem bastante material e tudo bem separado, assim como a dos diversos povos expostos.

Assim como o britânico, este também tem vários dinossauros, e por ser em um espaço mais claro, as fotos ficaram bem melhores:

Diferente do museu de Londres, esse aqui é pago. Tem vários tipos de entrada, para vários tipos de atrações, mas a básica sai por usd 20. Eles ainda oferecem Space Show, Imax, Butterflies, Race to the end of the earth… e dá pra comprar tudo junto também, pela bagatela de usd 36 (bilhete para adulto).

Lá dentro eles abrigam o famoso planetário, e que por vezes tem programação especial, com filmes e eventos. Confira no site quando for.

De forma geral, gosto mais do prédio de Londres, mas a quantidade de pessoas me incomoda quando vou a um museu. O de NY tem suas exposições melhor organizadas e mais fáceis de ver/entender, além de possuir salas maiores e de melhor circulação.

O de Londres ganha mais um ponto por ser free, mas pelo menos o de NY está incluso no City Pass e assim não fica tão salgado.

Também vale lembrar que o de NY tem lojas separadas de cada setor, então elas não ficam tão apinhadas de turistas querendo comprar bichinhos. E elas tem umas coisas muito bonitinhas e fiquei bem tentada quando entrei em algumas, mas aí pensei duas vezes sobre o que faria com milhões de bichinhos de pelúcia na minha casa. Optei por não gastar ali no final das contas!

Anúncios

Uma resposta to “Comparando: Museu de História Natural”

  1. Mariana 05/10/2010 às 15:08 #

    Anna,
    Sou suspeita para falar do museus de NY, afinal adorei e não conheço (ainda) o de Londres, só vim aqui para dizer que sim, em cada andar tinha uma lojinha, mas todas elas interligadas, pois ficavam no mesmo canto do museu e tinha uma escadinha e era um templo da perdição!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s