Onde comer em NY

27 set

Apesar de que fiquei relativamente pouco tempo em NY e que não sou rica pra ir em todos os lugares legais que a cidade oferece, vou dar algumas dicas de lugares que fui e que achei bem legais.

Como estamos falando dos EUA aqui, nada mais digno do que confessar que fui ao Mc Donald´s e Burguer King. Interessante que no Mc não tinha meu sanduiche preferido – mc chicken – e que no BK não tem refil de refrigerante. Confesso que fui algumas muitas vezes na Starbucks, cláááássico do café da manhã.

Tá, agora que passou o momento junk food básico que todo mundo conhece, vamos ao que realmente interessa.

Fomos em um restaurante indicado por uma amiga da minha mãe. Nome? Carmines. Cheio de brasileiros, mas muito bom. Esse que fomos fica bem na frente do Teatro do Rei Leão, e fomos a primeira vez obviamente quando tinhamos ido assistir tal peça na Broadway. Estava meio cheio e tinha lista de espera, mas 5 minutos depois já nos chamaram.

O preço é ótimo e o mais ótimo ainda é que cada prato serve 4 pessoas tranquilamente e ainda tem refil de refrigerante. É um “restaurante familiar” como os próprios garçons dizem.

O menu fica na parede, em painéis bem grandes e fáceis de ler. Prato principal: massa. O atendimento é rápido e eles são bem atenciosos. No primeiro jantar escolhemos um Penne Bolonhesa. Como estávamos em 2, sobrou horrores. Na segunda, pedimos Rigatoni & Broccoli (tinha uma vegetariana conosco) delicioso e que alimentou 5  turistas famintos!

Pra sair do básico “café da manhã na Starbucks”, fomos no Le Pain Quotidien, no Soho. Eles tem mais sedes espalhadas pela cidade, mas só fomos nessa aí. Lindissima e super gostosa. Dá pra pedir pra levar ou comer lá. Comemos um croissant com chocolate que estava bem gostoso e o ambiente era muito agradável. O preço era normal, sinceramente nem lembro quanto paguei. Mas olha que bonitinho o lugar:

Esse café em questã fica bem na frente da NY Costume, que falei no post de compras.

Também fomos ao Lindy´s que ficava ali pertinho do hotel, na 7º, quase em frente ao Madison Square Garden. É pequeno e é mais simples um pouco, mas tem toda aquela vibe de lanchonete americana dos anos 60. Comemos um steak super bem servido, acompanhado de uma mega salada.

Marcamos de ir ao Dean & Deluca – momento Felicity – mas achamos que era tipo a Starbucks e a Le Pain, mas na real era o balcão ali do café e tinha um mercadinho (?) no resto da loja. Como quando passamos por ali não estávamos com fome e nos assustamos com o lance do mercado, nem entramos. Mas fica aí mais uma dica de lugar para tomar café da manhã.

Almoçamos também no Europa Café. Tem em tudo quanto é esquina também e é bem gostoso. Acabei não tirando foto porque paramos pra comer bem rapidinho e continuar as compras! Tem opções de salada, sanduíches, muffins e pizzas. Naquele dia optamos por um pedaço de pizza, que foi bem suficiente e custou apenas usd 3. Fiquei bem alimentada pelo resto da maratona na 5º Avenida. Recomendo.

 

Se você quiser algo mais chique, pode ir ao super famoso Red Lobster, um super chique de frutos do mar. Como eu não gosto de frutos do mar, não fui. (aham, só por isso mesmo…). O restaurante fica na 7º, pertinho da Times.

No momento luxo do post, vou contar o que ia contar no post de pontos turísticos e acabei não contando. Lembra que falei que fomos ao Plaza né? Então. Fomos lá conhecer o hotel, e aí resolvemos dar uma olhadinha no menu do restaurante… tipo só pra ver o preço absurdo. Choque! Era muito viável um almoço ali.

Entramos meio sem jeito né, afinal éramos turistas cansados e de All Star no meio do luxo total. Mas ok, fiz de conta que estava com um vestido de gala e entrei. Por alguns dólares, não muitos e eu não vou falar quantos só pra deixar aquele ar de mistério, comemos entrada + prato principal + sobremesa + água. Fala sério, quando que eu podia imaginar que um dia almoçaria no Plaza? Foi muito bem pago tudo isso, olha as fotos dos pratos (ah sim, tiramos fotos de todos, se é pra ser turista, que seja por completo!):

Caramelodrama, essas fotos são pra você! Hehehe.

Não posso terminar este post sem comentar a Dunkin´ Donuts, mega conhecida por aí. Tinha aqui em Curitiba, mas sumiu faz tempo (cara de triste). Lá no entanto tem em tudo que é canto, e os famosos donuts são lindos, deliciosos e baratos. Tá bom 1 dólar pra você?

Bom, esses foram os lugares que fomos e que indico a todo mundo. Carmines, Le Pain e Plaza com certeza devem ser frequentados, mas é claro que se você for um chocólatra de plantão como eu, pode quem sabe almoçar/jantar na loja da MM´s…

Não? E essas maçãs do amor que vi no aeroporto de Atlanta? Pena que não rolava levar no avião, mas acho válido mostrar aqui e arrematar como a sobremesa deste post.

Anúncios

3 Respostas to “Onde comer em NY”

  1. Teddy 27/09/2010 às 19:26 #

    Adoro NYC, é uma das minhas cidades preferidas!
    Amei o blog e adoraria se desse uma passada no meu tambem:
    http://enteddyada.blogspot.com
    Beijoos

  2. Daisy 28/09/2010 às 17:42 #

    Meudeusdocéu a Diana vai amar isso!!! Vou mandar esta foto p/ ela!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Ilha VIP « Finestrino - 16/11/2010

    […] Na real, a parada é particular e só vão convidados – cof, cof -, mas achei interessante compartilhar meus momentos de luxo, coisa de quem almoça no Plaza. […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s