Disney

26 set

No post de hoje temos a participação ilustre de minha amiga Carol, que conta pra gente tudo sobre a Orlando/Disney com várias dicas super legais. Sem contar as fotos lindas que ela tirou por lá!

“Sou meio suspeita pra falar de Walt Disney World – afinal sou uma completa Disney Freak desde pequena e acabei fazendo o College Program deles em 2003/04 – trabalhei no Magic Kingdom durante 3 meses, felicíssima. Este mês tive a oportunidade de voltar para Orlando pela primeira vez desde então, e não preciso nem falar que minha empolgação era quase incontrolável. Fui acompanhando minha prima com o marido e os três filhos, como guia exclusiva e sabe-tudo.

A Anna me pediu para compartilhar alguns dos segredos com vocês, e aqui estou! Vou dar várias dicas de onde ficar, onde comer e quais são os brinquedos mais legais.

Comecemos do começo: Disney. Nós brasileiros temos a tendência de misturar os parques do complexo Walt Disney World com os da Universal e com Sea World, Busch Gardens e tudo mais, mas vou esclarecer desde já: são muito, muito diferentes. São diferentes em objetivo, em filosofia, em público-alvo e principalmente no que se refere ao cuidado com os visitantes.

ONDE FICAR

Dê preferência aos hotéis dentro do complexo Disney, apesar de serem um pouco mais caros. Eles são temáticos, cada um completamente diferente do outro, estão bem mais perto dos parques e tem o maior diferencial de todos: o serviço Disney. Todos os cast members (funcionários) tanto nos hotéis quanto nos parques são sempre extremamente solícitos, prontos a resolver qualquer problema e muito amigáveis.

Os melhores, dos mais luxuosos aos mais em conta:

– Grand Floridian

– Caribbean Beach Resort

– Wilderness Lodge

– Port Orleans: French Quarter

– Pop Century Resort

WALT DISNEY WORLD

O Walt Disney World está em uma área de 122km² em Lake Buena Vista, Flórida. Tem quatro parques, dois parques aquáticos e 24 hotéis temáticos, além de inúmeras outras coisas como campo de mini-golfe e centro polidesportivo. O público-alvo principal são crianças de 7 anos – antes disso, as crianças cansam rápido, não aproveitam quase nada e tendem a sequer lembrar da viagem mais tarde. A partir desta idade, tudo é uma delícia, e é garantia de que a família inteira vai adorar.

Dica importantíssima: se for alta temporada (junho-agosto), chegue no parque e corra com os ingressos na mão para as atrações mais disputadas – todas elas têm FastPass, um bilhete que te dá um horário para voltar e pegar menos fila. Ninguém quer perder 2 horas e meia para uma atração de 10 minutos, não é? Você pode pegar um FastPass a cada 40 minutos, mais ou menos.

Os parques do Walt Disney World são quatro:

Magic Kingdom

É considerado a “Disney” mesmo. É onde tem o castelo da Cinderella da foto acima, o carrossel, a famosa Splash Mountain, a casa do Mickey e da Minnie e futuramente as casas das princesas todas. Não deixe de provar um Funnel Cake perto da Haunted Mansion e de tomar um sorvete de Cookies’n Cream no Ice Cream Parlor na Main Street, U.S.A.

Imperdível: Mickey’s Philharmagic e os clássicos: Space Mountain, Big Thunder Mountain Railroad, Pirates of The Caribbean (agora com Jack Sparrow!) e a Haunted Mansion. Não deixe de ver o Wishes!, o show de fogos, de maneira nenhuma. É lindíssimo!

EPCOT

A visão do futuro segundo Walt Disney – uma cidade eficiente do ponto de vista energético, considerado meio antiquado mas que tem recebido mais atenção dos Imagineers (os engenheiros da Disney Company) e inagurado muitas coisas novas legais, como o Soarin’ e o Mission Space. Tudo é espaçoso e largo. O World Showcase ainda é maravilhoso de se ver, com seus 14 países distintos e o show de fogos, o Illuminations, todas as noites. Experimente grátis refrigerantes do mundo todo no Coca-Cola Ice Station Cool, coma um doce delicioso na Pâtisserie da França e jante no Tutto Italia pra dar um tempo de hamburgers e batatas fritas.

Imperdível: Soarin’, Mission Space, Test Track, The Land – onde eles fazem experimentos com plantações sustentáveis de vegetais que suprem o consumo de todo o Walt Disney World, e a Spaceship Earth (a bola da entrada), toda redesenhada e reimaginada por dentro.

Disney’s Hollywood Studios

Anteriormente MGM Studios, o Hollywood Studios é o parque mais “mágico” depois do Magic Kingdom. Ele se concentra na história dos filmes que fizeram a história em Hollywood e é cheio de atrações para todos os gostos. É muito bonito e cheio de coisas acontecendo o tempo todo nas ruas, como bandas, carrinhos com comediantes, personagens de filmes passeando. Vá comer no 50’s Prime Time Cafe e se divirta com os garçons te tratando como um membro da família, colocando os pés no sofá, e apresentando todos os “primos” distantes.

Imperdível: Hollywood Tower Hotel, Aerosmith’s Rock’n Rollercoaster, The Great Movie Ride, Indiana Jones Stunt Spectacular, e o novíssimo Toy Story 3, bem disputado, e o show noturno aos domingos e quintas-feiras, Fantasmic!

Animal Kingdom

Inaugurado em 1998, é o parque mais novo do complexo e também o menor. Trata de todo o reino animal Disney, com atrações relacionadas a filmes como O Rei Leão e Vida de Inseto, e inclui um safári de verdade e vários brinquedos de água. É bem arborizado e uma boa pedida para dias muito quentes. É silencioso e agradável. Na Dinoland U.S.A, o Restaurantosaurus já venceu três vezes o prêmio de melhor restaurante em parques temáticos de Orlando.

Imperdível: Kali River Rapids (prepare-se para se molhar muito!), Expedition Everest, It’s Tough to Be a Bug, Festival of The Lion King (chegue cedo!) e o Kilimanjaro Safaris para ver animais de verdade em uma reserva natural, como guepardos, leões, rinocerontes, girafas e elefantes.

Vá cedo nas atrações que molham – assim você tem mais tempo de se secar, e elas tendem a ter mais fila no meio da tarde, quando está mais calor.

UNIVERSAL ORLANDO RESORT

O Universal Orlando Resort é um complexo de entretenimento composto de três partes: o Universal Studios, o Islands of Adventure (onde está a parte do Harry Potter) e o CityWalk. Ele é um pouco mais adulto do que a Disney World, então é uma boa opção alternar os dias de Disney com os de Universal para que os menores não fiquem entediados. Alguns brinquedos nos parques são somente para maiores de 1m40 de altura – e não adianta insistir, é uma questão de segurança!

Universal Studios

O primeiro parque da Universal Resort é um clássico: tudo ali é voltado à industria cinematográfica, apesar de ser um pouco diferente do Disney Hollywood Studios. O Hollywood Studios tem uma cara bem anos 50, a era dourada do cinema, e a Universal é mais moderna e cheia de surpresas. Eles inauguram brinquedos novos o tempo todo, e ali estão alguns dos mais famosos para adultos e crianças.

Imperdível: Shrek 4D logo na entrada, Revenge of The Mummy, The Simpsons Ride, Men in Black: Alien Attack (dica: atire várias vezes no mesmo alienígena!), Terminator 2, E.T. Adventure, e para os mais corajosos, Rip Ride Rockit!, uma montanha-russa incrível onde você mesmo escolhe sua trilha sonora.

ISLANDS OF ADVENTURE

O parque é como o nome diz: aventura. Definitivamente não é um parque para crianças menores de 10 anos, com poucas atrações destinadas a elas – mas com garantias de que os maiores vão se divertir como nunca. Inaugurado em 1999, tem alguns dos brinquedos mais radicais de Orlando, e também é a casa do recém-inaugurado complexo The Wizarding World of Harry Potter.

Não deixe de experimentar a Butterbeer e o Pumpkin Juice no Harry Potter, e de almoçar no Three Broomsticks. Demais!

Imperdível: Incredible Hulk Coaster, The Amazing Adventures of SpiderMan, Jurassic Park River Adventure (molha! muito!), Dudley Do-Right Ripsaw Falls (molha mais ainda!), e no Wizarding World of Harry Potter, veja TUDO. Vá nas três atrações – Harry Potter and The Forbidden Journey – uma jornada cheia de cenas dos livros e filmes com tecnologia inacreditável, passando por dentro de Hogwarts, Flight of the Hippogriff, e Dragon Challenge. Explore cada cantinho, entre em todas as lojas e não deixe de levar sua própria varinha mágica para casa, por 30 dólares.

SEA WORLD

O Sea World é um parque dedicado à vida marinha do mundo inteiro. Tem shows muito famosos como o da baleia Shamu. Estava meio abandonado e antiquado, mas as inaugurações das duas montanhas-russas fazem a visita valer a pena.

Preste atenção nos horários dos shows. O parque fecha cedo e pode não dar tempo de ver tudo!

Imperdível: Kraken e Manta – as montanhas-russas. A Kraken é um monstro marinho coleante com quedas bruscas e muito altas. A Manta simula o nado de uma raia no fundo do mar – você vai de barriga para baixo. Deliciosa! Não deixe de ir na Journey to Atlantis, que tem uma historinha malfeita mas é surpreendentemente assustadora. Os shows Believe, com as baleias, e Clyde and Seamore take Pirate Island, com leões marinhos, são ótimos para a família toda.

Se estiver calor, vale a pena incluir o Aquatica, o parque aquático do Sea World, no ingresso. É novinho em folha e tem escorregadores e atrações muito divertidas, incluindo um tobogã que passa por dentro de um tanque de golfinhos.

COMPRAS

Agora vamos falar de uma das coisas que os brasileiros mais gostam de fazer em Orlando: compras.

É inevitável: onde quer que você vá, vai encontrar brasileiros gastando seu suado dinheirinho por todos os lados. Prepare-se para ver muita gente conversando por mímica com vendedores, gente perdida olhando em volta, e com o tempo você aprende a reconhecer os conterrâneos. Realmente vale muito a pena ir atrás de eletrônicos, roupas, cosméticos e na verdade qualquer outra coisa.

Os pontos mais famosos e disputados para compras em Orlando.

– Florida Mall – o shopping é enorme, tem um mix de lojas bem variado e tem pontos como Abercrombie&Fitch, Hollister (preferidos dos brasileiros), Zara, GAP, H&M, The Body Shop, e uma Apple Store.

– Mall at Millenia – um shopping bem mais sofisticado, com lojas high-end como Chanel e Tiffany’s. Só vale a visita para aqueles mais abastados.

– Walmart – é um supermercado, ok, e temos no Brasil, mas é uma boa pedida para comprar aquela mala extra (sempre acaba precisando, não?) e explorar a infinidade de artigos para casa, brinquedos e acessórios culinários.

– Best Buy – uma loja só de eletrônicos. As maiores novidades em som, imagem e computação estão lá. Ali foi onde eu vi mais brasileiros na viagem inteirinha, me senti de volta no Brasil (e com vontade de sair correndo). Vale a pena para comprar laptops, DVD Players, iPods e jogos de videogame.

DICAS FINAIS

– Planejem os dias com antecedência. Se for a primeira vez, vejam os mapas dos parques e decidam a quais atrações querem ir – ir em todas é quase impossível, principalmente em alta temporada, e perder tempo na fila de atrações sem graça é bem frustrante.

– Se for alugar um carro, peça um GPS. Não tem como enfatizar o suficiente, Orlando é grande e espalhada, tudo fica longe e é muito fácil de se perder.

– Controle a mão dentro dos parques, não saia comprando tudo que vê pela frente. Os artigos que existem em uma loja provavelmente existirão em outras. Deixe as compras dos parques para os últimos dias – e se você estiver em um hotel da Disney, eles mandam entregar no hotel e você não precisa carregar sacolas.

– Preste atenção na quantidade de eletrônicos e coisas caras, porque ser parado na alfândega no Brasil e ter de pagar multa é sempre bem desagradável. Distribua as coisas nas malas da família e jamais deixe coisas como iPods e celulares nas malas despachadas – a chance de você ser roubado é considerável. Nunca faça uma mala só de coisas novas.

– Prepare-se para gastar 15 dólares por dia de estacionamento em cada parque.

– É sempre bom levar uma camiseta extra na mochila, principalmente se for em alguma atração de molhar. Mesmo no calor, você demora para se secar e pode ser bem chato.

– Sejam disciplinados! Acordem cedo, tomem um café reforçado rapidinho e se mandem pros parques: quanto mais cedo chegar, menos fila, mais tempo de fazer as coisas. Nada de ficar sentado olhando paisagem por meia hora, os parques são enormes e se anda bastante. Nada de corpo mole!

– E no fim das contas: divirtam-se! Orlando é a cidade mais visitada por turistas no mundo, e tudo é projetado para oferecer a melhor experiência possível a crianças de todas as idades!”

Aimeudeus! Nunca fui pra Disney, quero ir brincar!! Quando for vou levar a Carol embaixo do braço como guia pra poder aproveitar tudo e não perder absolutamente nada.


Anúncios

3 Respostas to “Disney”

Trackbacks/Pingbacks

  1. Resumo Gastronômico das Férias – Parte II « Caramelodrama Confeitaria - 26/09/2010

    […] Disney no Finestrino […]

  2. Prêmio Viagem e Turismo « Finestrino - 23/10/2010

    […] Paris Melhor Parque Temático Walt Disney World, EUA Lembra que a Carol do Caramelodrama contou tudo aqui pra gente? Melhor Estação de Esqui Bariloche, Argentina Tem post aqui ó! Melhor Praia Cancún […]

  3. Mais Reveillon por aqui « Finestrino - 24/10/2010

    […] ó, a gente postou aqui sobre a Disney, postamos também sobre Santiago, Montevideo, algumas coisas de Paris, Ny tem […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s