NY Turístico

25 set

A gente já falou de museus, de shows noturnos, de compras… e para completar o ciclo New York, vem o post de pontos turísticos, aquele básico de “tem que ver isso e aquilo”.

Partindo de onde eu estava já tem dois, o Madison Square Garden na 7º entre a 30 e a 31, que não fica assim aberto para visitação, mas é bem grande e se tiver algum show/evento é legal de ir, e logo atrás dele, na 8º, os correios. Prédio enorme também, que pega a quadra inteira.

Saindo dali, tem duas opções, ou seguir reto pela 7º e chegar na Times Square, ou pegar pela 34 e seguir para a 5º Avenida e ir ao Empire State. A gente falou aqui que tem o City Pass para entrar em algumas atrações, e essa é uma delas. O bom é ir meio cedo, lá pelas 8h30/9h, hora que abre o edifício, pois assim evita filas demoradas.

O bilhete do city pass te dá permissão para subir até o 86º andar e se quiser subir até o 102º tem que pagar mais usd 15. Achamos meio desnecessário pagar esse a mais aí, por isso fomos até o 86 apenas (a diferença nem era tão grande assim, vai…) e foi super legal. Primeiro você passa por tooooda uma revisão de bolsas e mil cordinhas de fila tipo lombriga de banco e essa parte não é legal, como fomos cedo, isso foi relativamente bem rápido. Aí você sobe, sobe, sobe, desce, anda, troca de elevador, sobe, sobe e sobe mais um pouco e chega.

Vista absurda, não preciso comentar…

Depois você desce, desce, desce, para na loja básica (que é bem carinha e não vale a pena comprar essas coisas lá no Empire) e sai pra continuar o passeio.

Ah, o prédio fica aberto das 8h até as 2h da manhã, último elevador sobe à 1h15.

Ali pertinho tem o Chrysler Building, na verdade na metade do caminho entre o Empire e o Central Park no final da 5º. Nesse não rola subir, mas é super bonito. Acho que dá pra conhecer o hall apenas. Nós só vimos debaixo mesmo. Bem do lado dele tem a Grand Central Terminal, mega famosa em filmes. Super linda, um pouco confusa e eu achava que o relógio era um pouco maior. De qualquer forma, adorei, achei muito muito muito bonita mesmo!

Continuando o passeio pela 5º, você passa pela belíssima Biblioteca (que estava em reforma quando fomos – legal) e ir seguindo até o coração das compras. Além das mil lojas, é na 5º avenida que ficam o Moma (com a 53), o Rockfeller Center, a Saint Patrick´s Cathedral, o Plaza e no final da rua, lá em cima, o começo do Central Park.

Do Moma eu já falei, então vamos pro Rockfeller. Lá que acontecem vários eventos, pista de patinação, loja da Lego, seriado 30 Rock e tal. Assim, é um prédio grande como outro qualquer em NY, mas dá pra subir nesse também. Ele tem passe no City Pass e é óbvio que a vista é tipo a mesma, o “esquema” é que ele fecha 00h, ou seja, vai no Empire State ver a vista de dia e porque é ponto turístico obrigatório, e no fim da tarde vá ver o por-do-sol e a vista noturna no Top Of The Rock. Bem bonito, está incluso no passe, tem lojinha, é ponto turístico.

Na frente do Rockfeller, mas tipo na-frente, tem a Saint Patrick´s. Igreja gótica = muito bonita. Parada obrigatória, claro. (igreja moderna, tem site e tudo!)

Seguindo em frente, tem o Plaza (hotel mega caro e famoso não é pra mim blábláblá), que dá pra entrar e ver todo o luxo que é a vida dos ricos e milionários. Vou contar uma coisa agora… quer dizer… não. Não vou contar agora. Vou fazer um post especial e daí eu conto. Por hora fiquem com as fotos do luxo absoluto:

Ok, depois do momento luxo, continue pelo Central Park. Ele é grande, mas os “pontos” turísticos dentro dele ficam na parte debaixo. Tem uma escultura em homenagem a Alice no País das Maravilhas, tem o Strawberry Fields em homenagem ao John Lennon, tem um castelinho lá dentro ainda, além do Met, que já falei aqui.

Ainda por ali, bem na altura do Strawberry Fields, tem o famoso Dakota, onde moram vários famosinhos. O prédio é bem bonitão e chique e no fim, é só um prédio. Mas né… ponto turístico. E por ali também, fica o Lincoln Center, onde acontecem alguns eventos interessantes.

Indo lá pra baixo, tem o Ground Zero, onde ficavam as torres gêmeas e que eu pessoalmente achei bobo, já que é um terrenão em construção novamente e que blá, as pessoas passam e nem olham, além do super movimento de Wall Streer style. Então sei lá, eu dispenso – a não ser que você vá fazer compras na Century 21 que eu falei no post de compras.

Ali que fica Wall Street e a Bolsa de Valores. Mesma coisa do WTC, lugar famoso, passa, tira uma foto do nome da rua, da rua e tchau. Não tem nada lá. Desce mais um pouco e chega no Charging Bull, o bufalo gigante que todo mundo passa a mão nas bolas. Se eu contar que foi bem mais difícil tirar foto aqui do que na Estátua da Liberdade, vocês acreditam? Porque foi! Foi muito difícil. Tem fila pra tirar “retratos” ali. Nem conseguimos tirar foto junto da estátua de frente, ainda mais porque tinha um japinha monopolizando a área, fazendo um book turístico ali! Desistimos, ficamos só com a foto de “passando a mão nas bolas do búfalo”.

Descendo mais um pouquinho e… tchaaaans, barco pra Estátua. Já adianto, é minúscula. Mi-nús-cu-la. Tá, usamos o city pass aqui também, é só chegar na mocinha do ticket e trocar pelo bilhete certo, sem fila, sem dor. Bom… isso se você for bem cedo e pegar a primeira balsa que sai às 8h30. Outros horários eu não garanto a tranquilidade.

Entra no barquinho e uns 20 minutos – nem sei quanto tempo levou, não reparei, tava brincando com os amigos – depois você chega. As balsas de retorno saem de 30 em 30 minutos. Tranquilo, ninguém vai te esquecer por lá. Burocracia e revista para entrar na balsa lá na ilha de Manhattan, burocracia e revista pra subir na Estátua. Lá dentro, o bilhete regular te dá direito a subir até o pé da Estátua. Para subir até a tocha, tem que reservar tipo meses antes e lógico, pagar a mais. O caminho não é de elevador, é trabalho suado de pernas em uma escada super estreitinha.

Venta bastante ali, nem se penteie antes de ir. Mas a vista é bem legal e tem uma loja bem mais barata que a do Empire State. Ali sim vale a pena comprar coisinhas.

Ali embaixo ainda tem a Ponte do Brooklyn, clássica de todos os filmes e seriados. Eu achava que ela era um pouco diferente, mas enfim, é legal chegar nos lugares e ver como realmente são. Atravessamos a ponte de táxi, é bem rapidinho, cerca de uns 6,2 minutos, usd 6. É meio difícil subir na ponte, é toda uma confusão de túneis ali embaixo e pra subir tem que ir literalmente até o comecinho dela… Atravessar a pé dá uns 30/40 minutos, mas eu não tinha mais pé, só bolhas, por isso o táxi.

Atravessamos e passamos um pedaço do dia ali no Brooklyn. Me senti uma local. Haha. Tem um parque super bonito mais pra dentro do bairro, o Prospect Park, que tem até um pseudo arco do triunfo, que quando chegamos todo mundo me zoou por eu chamar de Arco do Triunfo e no final das contas, lemos no guia que ele tinha partes do Arco lá de Paris mesmo. Há!

O Parque é bem grande, tem um zoológico dentro e tudo. Vale o passeio.

Não fomos ao Bronx, ficou para uma próxima visita, mas vimos todos os pontos mais importantes com tempo, com diversão e sem filas!

Anúncios

8 Respostas to “NY Turístico”

  1. vera 25/09/2010 às 15:07 #

    Ana! Quanta coisa pra ver!! Nem fui e já estou cansada só de imaginar as filas q

  2. vera 25/09/2010 às 15:11 #

    Ana! Quanta coisa pra ver!! Voce tem postado dicas preciosas. To achando que 8 dias serão poucos para tantos lugares, filas, caminhadas… Uffa e eu estou bem longe dos 25 anos! rsrsrsrs. Bjs

Trackbacks/Pingbacks

  1. Onde comer em NY « Finestrino - 27/09/2010

    […] momento luxo do post, vou contar o que ia contar no post de pontos turísticos e acabei não contando. Lembra que falei que fomos ao Plaza né? Então. Fomos lá conhecer o […]

  2. Mais Reveillon por aqui « Finestrino - 24/10/2010

    […] postou aqui sobre a Disney, postamos também sobre Santiago, Montevideo, algumas coisas de Paris, Ny tem bastante coisa também e ainda comparamos algumas festas de ano […]

  3. Cit ID « Finestrino - 11/12/2010

    […] New York […]

  4. #Fail: Como gastar mais « Finestrino - 18/12/2010

    […] New York, Estátua da Liberdade – Setembro 2010. […]

  5. Resultado da promo!! « Finestrino - 23/12/2010

    […] New York, […]

  6. Onde comer em NY | FINESTRINO - 03/06/2011

    […] momento luxo do post, vou contar o que ia contar no post de pontos turísticos e acabei não contando. Lembra que falei que fomos ao Plaza né? Então. Fomos lá conhecer o […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s