Louvre

15 ago

Louvre, Paris.

Tenho uma certa relutância em falar de Paris aqui. Sempre vou adiando, adiando, adiando… Mas pra não dizer que nunca postamos nada sobre a cidade, resolvi falar sobre o Museu do Louvre, pois como sou designer, adoro arte e este museu em questã é indispensável no roteiro de qualquer pessoa. Bom, disso todo mundo sabe. Assim como todo mundo também sabe que o Louvre é tipo gigantesco, e acredite, mesmo sabendo que era gigantesco, me surpreendi muito quando cheguei até lá. Ele era mais do que gigantesco. Era gigantesco vezes mil!!

Um dia inteiro não basta para conhecer todo o acervo, e como sei que a maioria dos turistas tem pouco tempo e que perder 2 dias visitando um mesmo museu acaba sendo meio impossível, resolvi fazer um mapinha do Louvre e destacar as partes super legais e de maior relevância.

Exemplo: Monalisa.

Eu acho que 98% dos turistas que vão ao Louvre, vão para ver a Mona. Fica todo mundo apinhado na frente do mini quadro tão famoso, por isso que você tem que aproveitar a brecha que dá pra tirar uma foto, que fica assim, bem média que nem essa acima. É legal? É. Mas ninguém presta atenção na parede que fica à esquerda da obra ou a da frente. Obras impressionantes que ocupam paredes inteiras dividem espaço com a minúscula obra de Da Vinci. E ninguém vê, tipo esta aqui embaixo: (Posso dizer que achei bem mais legais essas obras enormes? Posso. Eu me permito tal façanha aqui.)

Outra obra que achei muito legal é essa aqui:

Ela fica no corredor que leva à sala da Mona, e poucas pessoas percebem que ela é double face. Fala sério, não é super? É perfeita!!

Ok, depois destas considerações iniciais, coloco aqui embaixo as alas do museu para tentar facilitar a visita:

Ala Denon – ala sul

Nesta parte estão as esculturas gregas pré-clássicas, antiguidades etruscas e romanas, tem o salão com pinturas de personalidades francesas e jóias reais e por fim, nossa amiga Monalisa.

Ala Richelieu – ala norte

É nesta ala que está a galeria Médicis, a galeria “Objets d´art” (quadros super valiosos) com artefatos de ouro da idade média e os apartamentos de Napoleão III.

Na parte central das esculturas francesas que ficam no térreo, estão dois pátios: o Cour Marly e o Cour Puget. O primeiro contém obras proveninents da região de Marly-le-Roi. Lá estão também obras dos irmãos Guillaume Cousteau (os Cavalos de Marly) e Nicolas Cousteau (La Seine et la Marne).

O Cour Puget recebeu o nome do pintor, escultor e arquiteto Pierre Paul Puget, e contém esculturas do século de Louis XIV, destinadas ao ar livre. Um ponto interessante é que essa parte do museu pode ser vista de fora.

A Ala Richelieu conta ainda com a área de obras Mesopotâmicas, tipo o básico Código de Hamurabi.

Ala Sully – ala central

Antiguidades do Irã e o Egito.

Aqui embaixo coloquei os mapas para vocês entenderem melhor. Lá eles são distribuídos em várias línguas e fica bem fácil de se achar dentro da imensidão do museu se você tiver um desses:

Como chegar ao Louvre

Metrô: Estação Palais-Royal–Musée du Louvre

Bus: Pontos que param na frente da pirâmide: 21, 24, 27, 39, 48, 68, 69, 72, 81, 95.

UPDATE: Marininha me contou que a estação Louvre Rivoli sai dentro do museu!

Tarifas

Normalmente a entrada custa 9,5 euros.  Quartas e sextas, das 18h as 21h45 a entrada custa 6 euros.

No site não fala nada, mas tem um dia que é de graça e que, por coincidência, cheguei ao museu exatamente neste dia e neste horário. Se não me engano era domingo depois das 18h, aí estudantes não pagavam e pessoas normais pagavam metade, que na época era 11 euros a tarifa cheia. Tem uma plaquinha lá na frente com essa informação que não está no site, acredito que por motivos óbvios, né??

Anúncios

4 Respostas to “Louvre”

  1. Marina Fabri 15/08/2010 às 19:12 #

    Guria,
    a estação Louvre Rivoli é a melhor pq vc já sai dentro do museu!

    Bjo!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Comparando: Museus – Londres « Finestrino - 29/08/2010

    […] bom pegar um mapinha do museu ali na entrada e meio que selecionar o que quer ver. Uma coisa meio Louvre de […]

  2. Roteiro: Paris e Veneza « Finestrino - 25/02/2011

    […] restaurantes bacanas para eles irem e algumas dicas básicas, como o que ver no Louvre (que já postamos aqui), mapas de metrô e de vaporetto em Venezia e um dicionário básico de sobrevivência na Itália […]

  3. Comparando: Museus – Londres | FINESTRINO - 09/04/2011

    […] bom pegar um mapinha do museu ali na entrada e meio que selecionar o que quer ver. Uma coisa meio Louvre de […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s